Aprenda a lidar com a diferença de idade nos sites de relacionamentos

0
3
always connected, internet addiction, young couple in cafe looking at their smartphones, social network concept

Segundo estudo americano, mulheres com 18 anos e homens de 50 têm os perfis mais concorridos e procurados.

O estudo publicado pela revista científica Science Advances, em agosto, mostrou que 25% dos usuários das plataformas de relacionamento buscam parceiros mais desejáveis, segundo os parâmetros atribuídos a si mesmos. As estratégias de comunicação diferem de acordo com o conceito de “desejabilidade”, quanto maior o interesse, mais longas as mensagens. A pesquisa, realizada nos sites de relacionamentos dos EUA, apontou que mulheres com 18 anos e homens de 50 têm os perfis mais concorridos e procurados.

No Brasil, o site Meu Patrocínio, com 600 mil usuários cadastrados, fez um levantamento similar que revelou os perfis mais acessados: mulheres (sugar babies) com 26 anos e curso superior e homens (sugar daddies), na faixa dos 40 anos, com pós-graduação e mestrado, e renda mensal média de R$ 90 mil. Em São Paulo, encontram-se 35% dos daddies e 36% das babies. No Rio de Janeiro, 14 % para os dois casos. Usuários em busca de parceiros de gerações diferentes. Nos homens, encontramos os representantes da geração X, com uma tendência a valorizar uma certa estabilidade nos relacionamentos amorosos, ainda defendendo as formas tradicionais de família. Elas, da geração Y, prezam a individualidade e a liberdade, gostam de viajar e de se expressar livremente.

Apesar da diferença de idade, elas – da geração que sabe usar filtros e recursos para evitar encontros indesejáveis – reconhecem que os homens mais maduros tendem a oferecer relações mais estáveis e seguras do ponto de vista emocional e financeiro. O parceiro ideal já atingiu uma posição consolidada na carreira e tem condições de aproveitar plenamente as coisas boas da vida. Para as mulheres, os quarentões mais “desejáveis” sabem valorizar uma relação e a sua parceira, estão conscientes daquilo que esperam de um relacionamento e compartilham os seus aprendizados e experiências, contribuindo para o crescimento delas.

Da parte deles, a busca por uma mulher mais jovem traz de volta o vigor dos relacionamentos da juventude. É uma forma de redescobrir a vida sob um outro olhar, mais atento e disposto a aprender a encarar as mudanças de comportamento das novas gerações de forma mais natural e com liberdade. É claro que a beleza tem um peso grande no processo de escolha. A conquista de um parceiro mais jovem alimenta o ego. A dinâmica da relação, diferente daquelas que já experimentou com pessoas da sua idade, exige outros cuidados e muito mais vontade para compreender novos valores e questionamentos. Para eles, são relacionamentos desafiadores e, por isso mesmo, extremamente atraentes.

Para os mais “desejáveis”, no encontro de gerações distintas, as diferenças não são barreira, mas sim um estímulo à complementação e ao crescimento mútuo, algo a ser experimentado.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here