Escorpiões são encontrados em telhados de casas em Porto Seguro

Instaladores de internet e telefonia de empresas de Porto Seguro, denunciaram ao Namidia News, que foram encontrados escorpiões nos telhados de algumas casas em Porto Seguro.

Segundo relatos, os casos aconteceram no bairro Belo Campo e pelo menos 03 escorpiões foram capturados pelos instaladores.

Por precaução, as empresas estão instruindo seus funcionários a fazer o cabeamento externo, para diminuir o risco de serem picados.

O conjunto habitacional construído pelo Governo Federal no projeto Minha casa Minha Vida, são módulos residenciais de duas moradias e entre a Lage e o telhado, há um alçapão.

“Muitos moradores usam esses espaços para guardar restos de materiais de construção, móveis velhos e isso acaba se tornando ambiente perfeito para os escorpiões”, alertou a superintendente de vigilância e saúde da prefeitura de Porto Seguro, Larissa Altoé.

Assim que a denúncia foi repassada pelo Namidia News a Vigilância Epidemiológica do município, veterinários e agentes de endemias, estiveram nos locais.

“Nossa equipe conversou com os moradores, pediu que fosse feita a limpeza e retirada dos móveis e entulhos. Fizemos uma vistoria no local e aplicamos inseticida. Graças a Deus nenhum outro escorpião foi encontrado”, disse Larissa.

Alerta a população

As principais dicas são manter jardins e quintais livres de entulhos, folhas secas e lixo doméstico. Também é importante manter todo o lixo da residência em sacos plásticos bem fechados para evitar baratas, que servem de alimento e, portanto, atraem os escorpiões.

Nas casas que possuem gramado, ele deve ser mantido aparado. Outra recomendação é não colocar a mão em buracos, embaixo de pedras ou em troncos apodrecidos e usar luvas e botas de raspas de couro para realizar atividades que representem certo risco, como manusear entulhos e materiais de construção, e nas atividades de jardinagem.

Nas áreas rurais, além de todas essas medidas, é essencial preservar os inimigos naturais dos escorpiões, como lagartos, sapos e as aves de hábitos noturnos, como a coruja. Estes são os principais predadores dos escorpiões. “Nós estamos com nossos agentes atendendo aos pedidos da população. Basta que nos comuniquem, para que assim, façamos a captura dos animais”, concluiu a superintendente.

A Vigilância ressalta seu compromisso no combate a pragas urbanas e solicita aos moradores que denunciem, caso vejam algum desses animais. Estas podem ser realizadas através do contato na UVZ, com Paulo veterinário, diretor da unidade pelo telefone: 73 98802-3778.

 

Comente com Facebook