2º Festival de Cinema de Trancoso será aberto na lua cheia de dezembro

Evento  vai homenagear o ator e músico timoteense Ronaldo Lampi.

O Quadrado de Trancoso, vila e distrito de Porto Seguro que integra a lista das mais belas praias do Brasil, volta a ser cenário para um festival.

Tendo como tema central ‘Cidadãos pensantes por um mundo melhor’, o 2º Festival de Cinema de Trancoso será aberto na lua cheia de dezembro, de 9 a 13, abertura da temporada do verão 2020, quando em média 800 pessoas por dia circulam no Quadrado Histórico.

E esta promete ser uma jornada inspiradora, com o público podendo vivenciar experiências sob a perspectiva da cultura, do cinema, da arte regional, da educação, da sustentabilidade e da gastronomia, além de desfrutar de um cenário realmente incrível.

O festival tem curadoria e direção de Flávia Barbalho, é produzido pela Brasil Filmes e vai oferecer mais de 60 exibições de filmes para públicos de todas as idades, além de oficinas, espaço para a imprensa e convidados nacionais e internacionais.

Homenagens Um dos três homenageados pelo Festival de Cinema de Trancoso será o ator Ney Latorraca, que volta a Trancoso 43 anos depois das gravações de “Anchieta, José do Brasil”.

O filme é uma obra prima do cinema nacional e retrata o início da colonização do país, quando os primeiros padres jesuítas vieram celebrar missa em nossas terras. Muitos dos figurantes que atuaram no filme são moradores de Trancoso.

Outro homenageado pelo evento será Augusto Sevá, um diretor que também gravou memoráveis filmes em Trancoso, incluindo “A Caminho das Índias”, “Memórias de Trancoso” e “Fala Sério”, onde a maioria dos atores são pessoas da comunidade.

Lampi O ator, circense e músico Ronaldo Lampi iniciou-se na atividade artística em Timóteo, e há muitos anos vem construindo uma carreira de sucesso em São Paulo. Ele também será homenageado.

Afinal, Lampi já construiu um teatro em Trancoso, atuou em circo e no cinema e gravou dezenas de longas metragens. Nos últimos anos recebeu três prêmios em festivais nacionais: de melhor ator, melhor ator coadjuvante e ator revelação.

o artista participa de festivais e produções nacionais e internacionais de cinema, TV e teatro. Também é músico e gravou com nomes importantes como Badi Assad e André Abujamra, e já fez trilhas para 11 longas metragens e minisséries do Canal Brasil e para grupos de teatro.

Comente com Facebook