Protesto contra o governo paralisa escolas, bancos e rodovias

Cidades brasileiras registram protestos e paralisações em serviços públicos na manhã desta sexta-feira (14). Trabalhadores cruzaram os braços contra os cortes do governo na educação e a reforma da Previdência. Por volta de 9h, ao menos 20 estados e o DF tinham sido afetados.

Em Porto Seguro protestantes estão aglomerados na pista da BR 367 , próximo a rodoviária fazendo um protesto parcial.

Com carro de som , bandeiras, cartazes, faixas, bloqueios da via com pneus, partidos de esquerda e sindicalistas gritam palavras de ordem contra o atual governo , a reforma da previdência e pedindo “ Lula Livre”.

Os ônibus de transporte público também não estão circulando em diversas cidades. Em Porto Seguro e Eunápolis, estão rodando normalmente.

Assim como em Porto Seguro, escolas estaduais e municipais de diversas cidades paralisaram as aulas hoje.

Além de tudo isso, hoje os bancos só abrirão mais tarde, a partir de meio dia.

SAIBA MAIS SOBRE O PROTESTO:

No extremo sul da Bahia há bloqueio parcial em vários pontos das rodovias.

Os Movimentos dos Trabalhadores Rurais Sem Terra fizeram um bloqueio no km 674 da BR-101, em Itagimirim, desde as 6h30 da manhã, próximo ao Acampamento 25 anos.

Já em Itabela, há protesto próximo ao distrito de Monte Pascoal.

Itamaraju há fechamento da BR-101, perto do quartel da Polícia Militar e próximo à mundo novo.

E em de Teixeira de Freitas, a manifestação é na rodovia federal.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) ainda está verificando em quais trechos estão ocorrendo a interdição parcial ou total.

Há alguns dias atrás o Sindicato de Educação de Porto Seguro e o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Porto Seguro, enviaram uma nota avisando sobre a greve. Veja:

Comente com Facebook