Rui Costa demite dois delegados acusados de envolvimento com traficantes

O governador Rui Costa demitiu dois delegados da Polícia Civil acusados de integrar um esquema de corrupção nos municípios de Cansanção e Monte Santo, no norte baiano. Carlos Roberto Botelho Vasconcelos e Josivânio da Rocha Araújo foram alvos da Operação Monte Santo, no ano de 2011.

Segundo as investigações, a quadrilha atuava em várias frentes, recebendo dinheiro de traficantes para beneficiar atividades deles. As apurações apontaram também que os criminosos extorquiam pessoas abordadas em blitze e vazavam informações de operações de combate às drogas. O grupo negociava a liberdade de criminosos e liberação de material apreendido mediante pagamento de valores que oscilavam entre R$ 2 mil e R$ 8 mil. Araújo foi apontado como líder da quadrilha.

Esta é a segunda vez que Vasconcelos é demitido pelo governador por causa do caso. Ele foi exonerado em setembro de 2017, mas uma decisão judicial obrigou a reintegração do delegado ao quadro de servidores públicos. O retorno de Carlos Roberto Botelho Vasconcelos ocorreu em outubro de 2018. A segunda demissão do delegado ocorreu neste mês de janeiro de 2019, com publicação do ato no Diário Oficial do Estado nesta quarta-feira (9).

 

Comente com Facebook