Vídeo mostra rompimento parcial de barragem em Pedro Alexandre

Um vídeo feito por moradores da cidade de Pedro Alexandre, no nordeste da Bahia, mostra o rompimento parcial da barragem em Quati. As imagens foram enviadas pela assessoria da prefeitura. A água transbordou na manhã desta quinta-feira (11), o registro foi feito na tarde do mesmo dia.

Posicionamentos divergentes
Logo após o ocorrido, a Agência Nacional de Águas (ANA) informou que por se tratar de uma barragem em rio estadual, a fiscalização desse açude compete ao Governo do Estado da Bahia. A agência ressaltou que acompanha a situação.

As autoridades públicas baianas ainda divergem sobre o rompimento da barragem em Quati. Em entrevista à Rádio Metrópole, o coordenador da Defesa Civil de Pedro Alexandre, Diego Santos, disse que o rompimento da barragem “foi parcial, não foi completo”. Em entrevista ao jornal Correio, o prefeito de Coronel João Sá, Carlos Sobral, disse que “a barragem quebrou no meio, rompeu no meio. Temos vídeos que mostram o momento do rompimento”.

A Secretaria Nacional de Defesa Civil também confirmou, através de nota, o rompimento e informou que suas equipes estão na região prestando suporte às pessoas atingidas e monitorando a situação.

O Governo explicou que houve um transbordamento. O Estado não revelou se enviou técnicos ao local para constatar o ocorrido. Além disso, acrescentou que o governador Rui Costa entrou em contato com os prefeitos das duas cidades para colocar a estrutura do estado à disposição.

A Superintendência de Defesa Civil da Bahia (Sudec) negou a informação de rompimento da barragem, que circulou mais cedo. O órgão reconheceu que havia rachaduras na estrutura, mas diz que o excesso de chuvas na região provocou um “galgamento”, quando a água transborda a parede do açude.

De acordo com a Secretaria de Comunicação do governo da Bahia, a barragem do Quati foi construída pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR). O equipamento foi entregue em novembro de 2000 à Associação de Moradores da Comunidade de Quati. É uma barragem pequena, com menos de 200 hectares, e não chega a ser classificada dentro da Lei Nacional de Barragens.

Comente com Facebook